quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Trepadeiras

Elas percorrem treliças, portões e cercas e são ótimas para dar mais vida ao jardim. Plantadas no solo ou em vaso, as trepadeiras precisam de terra orgânica e bem drenada para que desenvolvam com rapidez. Veja exemplos de espécies e projetos e inspire-se

Sobre a laje da garagem, a arquiteta criou o terraço com 
cobertura de bambu e estrutura de toras de eucalipto, 
nas quais cresce a trepadeira tumbérgia
Arquivo / Casa e Jardim

Conduzida por fios de náilon, a ipomeia é uma trepadeira 
curiosa: suas flores abrem somente durante a manhã 
e duram apenas um dia. Em algumas regiões, 
é conhecida como bom-dia
Evelyn Müller / Casa e Jardim

O vitrô da cozinha desta casa tem trepadeira 
jasmim-de-madagáscar ao longo da fachada
Arquivo / Casa e Jardim

A trepadeira amor-agarradinho se prendeu a uma 
rede de proteção, dessas usadas em janelas e varandas
Arquivo / Casa e Jardim

Uma boa ideia para que a roseira cresça é trançar a 
planta ao redor de um guarda-corpo ou de algum apoio
Arquivo / Casa e Jardim

Com a ducha no jardim, alguns tutores de cobre, moldados
 em espiral, conduzem a trepadeira minirrosa. 
Ela dá certa privacidade aos moradores
Arquivo / Casa e Jardim

Dois arames dispostos em “L” conduzem o jasmim-carolina
 ao longo da esquadria da porta-janela
Fotos Renato Corradi / Casa & Jardim

Para conduzir as trepadeiras madressilva e ipomeia, 
o paisagista Rodrigo Oliveira criou um painel com fios de 
náilon presos em módulos de 1 m de largura x 0,70 m de altura. 
A forração da jardineira é de azulzinha
Editora Globo / Editora Globo

A trepadeira falsa-vinha cobre as paredes dianteiras 
da casa do famoso pintor Monet. Essa espécie produz
 flores pequeninas na primavera e se torna bordô no outono. 
As paredes de cor salmão, idêntica à das tulipas, 
acompanham a sinfonia verde do local
Arquivo / Casa e Jardim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails